CDRJ registra faturamento histórico em Janeiro de 2021

Por Assessoria 05/03/2021 - 10:07 hs
Foto: Divulgação

A Companhia Docas do Rio de Janeiro, autoridade portuária responsável pela administração dos Portos do Rio de Janeiro, Itaguaí, Niterói e Angra dos Reis, faturou em janeiro de 2021 o total de R$ 112,7 milhões, o que corresponde a 228% de aumento em relação aos R$34,3 milhões faturados no mesmo mês de 2020. Esse é um resultado histórico para o mês, pois o faturamento de janeiro deste ano é 110% superior à média do faturado no mesmo mês nos anos de 2015 a 2020, atualizado pelo IGPM para a valores de janeiro de 2021.

O faturamento desse mês alcançou essa marca histórica devido a uma conjugação de fatores: antecipação em um mês da cobrança da diferença em relação à movimentação mínima anual definida nos contratos de arrendamento; à elevação da movimentação de cargas em dezembro de 2020 quando comparada com dezembro de 2019; à grande valorização do minério de ferro em reais, resultado da conjugação da alta do valor da commodity nos mercados internacionais e grande apreciação do dólar em relação ao real.

O Porto do Rio de Janeiro apresentou resultados excepcionais com um incremento de R$53,1 milhões no faturamento de janeiro de 2021, resultado 351% superior aos R$15,1 milhões obtidos no mesmo mês de 2020. Isso deveu-se, fundamentalmente, à maior eficiência do processo de faturamento, que possibilitou antecipar em um mês a cobrança da diferença a menor em relação à movimentação mínima de 2020 compromissada na cláusula de take or pay dos contratos de arrendamento. Somente esse item de cobrança correspondeu a 95% do incremento de faturamento em relação a janeiro de 2020.

No Porto de Itaguaí, o faturamento de janeiro foi 137% superior ao registrado no mesmo mês de 2020, correspondendo a R$25,2 milhões incrementais. Esse aumento é explicado pelo incremento de 8,3% na movimentação de cargas do referido porto em dezembro de 2020 em relação ao mesmo mês de 2019 (o faturamento de um mês baseia-se na movimentação do mês anterior) e à elevação do valor do minério de ferro, principal produto movimentado no porto, em conjunto com a alta do dólar em relação ao real.

Além do relevante crescimento de faturamento, a CDRJ também registrou aumento de 1 milhão de toneladas em relação a janeiro de 2020, correspondendo a 33% de incremento na comparação ano a ano. No Porto do Rio, o aumento foi de 8% na comparação de janeiro de 2021 com o mesmo mês do ano anterior e, no Porto de Itaguaí, o crescimento foi de 39%. Com esse bom resultado de movimentação de janeiro, espera-se um bom desempenho de faturamento em fevereiro de 2021.

Mais detalhes sobre a movimentação dos portos estão disponibilizados no material em anexo.