CODEBA registra sete meses de alta consecutivas e consolida viés de crescimento

A performance é resultado de uma gestão com foco em metas e mensuração de resultados

Por Assessoria 19/04/2021 - 10:46 hs
Foto: Divulgação/CODEBA

No balanço dos últimos sete meses, os Portos da CODEBA registraram resultados superiores, na movimentação de cargas, em relação aos mesmos períodos dos três anos anteriores. O comparativo, desde 2018, confirma o viés de crescimento estável da Companhia, mesmo diante do cenário de pandemia.


O último Relatório da Administração, divulgado essa semana, mostra ainda um aumento significativo na movimentação do primeiro trimestre desse ano, quando levados em consideração os números de 2019 e 2020. “A atualização do planejamento foi o passo inicial para alcançar bons resultados. A partir dele, estabelecemos metas e indicadores para um plano de ação alinhado aos objetivos. A integração das diretorias, que acompanharam a execução de ações conjuntas, permitiu, por exemplo, retomar espaço perdido para os TUPs, com investimentos em infraestrutura”, explica o diretor-presidente da Companhia das Docas da Bahia, Carlos Autran Amaral.


Em março deste ano, foram movimentadas 1.087.715 toneladas, um aumento de 11,88%, em relação ao mesmo período de 2020. Os meses de janeiro e fevereiro registraram altas de 36,16% e 28,1%, respectivamente.

O desempenho estável é reflexo das operações nos três Portos. Em janeiro de 2021, a Companhia alcançou a marca de 1.095.335 toneladas. Foi o melhor mês de janeiro da história, ultrapassando 1 milhão de toneladas no período.


Dados do Relatório da Administração mostram também que o Porto de Aratu-Candeias registrou, em março último, aumento de 36,17%, com alta na movimentação de granéis líquidos e sólidos.

No Porto de Salvador, em fevereiro de 2021, foram movimentadas 436.919 toneladas, 7,02%, a mais que em fevereiro de 2020. Em março deste ano, a movimentação de contêineres obteve alta de 1,6%. Os principais produtos movimentados foram: químicos, trigo, arroz, celulose e metais/siderurgia.

No Porto de Ilhéus, a expetativa é de que, até julho, sejam embarcadas cerca de 200.000 toneladas de soja.   

No acumulado do ano, os Portos da CODEBA registraram aumento de 24,42%, em relação ao primeiro trimestre de 2020.