Chile incentiva o empreendedorismo feminino e promove feira virtual exclusiva para mulheres exportadoras

Como estratégia do Chile para favorecer os negócios liderados por mulheres e apontar para a equidade de gênero, entre 27 e 29 de julho, 150 empresas exportadoras chilenas se reunirão de forma virtual para expor seus produtos e serviços que estão sob o comando de mulheres chilenas e mulheres de origem indígena

Por Assessoria 23/07/2021 - 09:13 hs
Foto: Divulgação

O ProChile, instituição do Ministério das Relações Exteriores responsável pela promoção do fornecimento exportável de bens e serviços chilenos, organiza a Expo Virtual Chile - Mulher 2021 - feira totalmente online que contará com a participação de mais de 150 empresas exportadoras lideradas por mulheres chilenas e, inclusive, mulheres de origem indígena, que acontece de 27 a 29 de julho, terça a quinta. Para participar basta fazer a inscrição gratuita em www.chilevirtualexpo.com

O propósito do evento é permitir mais possibilidades para que as mulheres sejam parte dos negócios internacionais aproximando as empresas brasileiras que têm interesse nos produtos ofertados pelas exportadoras chilenas, despertar o empoderamento em outras mulheres e proporcionar à elas a oportunidade de firmar excelentes parcerias comerciais.

A exposição virtual, aberta também para os brasileiros que poderão visitar online para conhecer mais sobre os negócios liderados pelas mulheres, contará com quatro pavilhões setoriais: Agro & Food, Indústria 4.0, Serviços e Indústria Criativa que destacam a singularidade, qualidade e compromisso da oferta exportável de bens e serviços do Chile. As empresas podem ser contatadas por meio de um sistema de mensagens em seus estandes virtuais, onde também estarão disponíveis seus catálogos de produtos e serviços e informações sobre o alto valor agregado das exportações chilenas.

O Chile é líder na exportação ao mercado brasileiro em diversos itens alimentícios como o salmão fresco. Atualmente, 99% deste peixe consumido pelos brasileiros é de origem chilena. As frutas frescas, secas e desidratadas também são campeãs de exportação.

Serão comercializados produtos do mar como o salmão e o mexilhão; vinhos e espumantes; frutas secas e desidratadas – nozes, passas, amêndoas; frutas frescas; cerâmica; artesanato; cosméticos; mel; fertilizantes; produtos da indústria têxtil, entre outros, todos com um selo único que as mulheres podem exportar essas ofertas. 

“A inclusão e fortalecimento da mulher no comércio internacional é uma estratégia de ProChile. Por meio do programa “Mulher Exporta” reforçamos as atividades desde a capacitação até a promoção sobre os mercados internacionais e a promoção de bens e serviços para incorporar ativamente essas empresas ao comércio global e com eles melhoramos nossos indicadores de atividade de gênero no país. “Mulher Exporta” tem o desafio de acelerar o envio de produtos e serviços chilenos no mundo com uma oferta de padrão internacional, inovadora, sustentável, com diversidade e destaque as raízes do Chile”, explica María Julia Riquelme, diretora comercial do ProChile Brasil.

Para participar da expo acesse o site www.chilevirtualexpo.com

Sobre ProChile

ProChile é uma instituição do Ministério das Relações Exteriores do Chile responsável por promover o fornecimento exportável de bens e serviços chilenos e contribuir para o desenvolvimento do país, por meio da internacionalização de empresas chilenas, da promoção da imagem do país, do investimento estrangeiro e do turismo.